O individualismo como estratégia de cuidado de si na sociedade de consumo

Rafael Bianchi Silva

Resumo


 Este artigo tem como objetivo discutir a relação entre a construção de uma postura individualista como estratégia de cuidado de si dentro do contexto atual em que vivemos. Para tanto é realizado uma reflexão a partir da idéia de “sociedade de consumidores” trazida por Zygmunt Bauman, buscando construir uma relação desta com diferentes campos de atuação do sujeito humano. O que encontramos é uma postura que busca defender o indivíduo de possíveis riscos, sendo o outro, seu principal alvo de controle. Dessa forma, constrói-se um individualismo que não pode ser confundido com a postura ascética do cuidado de si grego que possuía em seu conceito a dimensão trágica como suporte a política da existência. Ao final, concebe-se a resistência às políticas de controle de desejos como saída aos dispositivos presentes na sociedade de consumo


Texto completo:

PDF


Direitos autorais

ISSN 2236-4099