APRESENTAÇÃO: perspectivas

Deisi Luzia Zanatta

Resumo


Apresentamos a seção temática Perspectivas da literatura de 2019 – Cadernos Zygmunt Bauman composta por oito artigos, os quais abordam estudos sobre a literatura com base em diferentes enfoques teóricos.

O artigo “As estratégias de leitura para a compreensão do conto”, de Gislene Aparecida da Silva Barbosa, Willian Pereira da Silva, Ana Beatriz Rosa e Valéria Aparecida Anjos de Moura, apresenta uma proposta de plano de aula para ensino de leitura literária na educação básica a partir de um conto e com o uso das Estratégias de Leitura.

“Ensino de literatura e letramento literário: as estratégias metacognitivas de leitura e a formação de leitores”, de autoria de Daniela Maria Segabinazi, Renata Junqueira de Souza e Jhennefer Alves Macêdo apresenta uma pesquisa através de entrevistas com professores de Língua Portuguesa dos anos finais do ensino fundamental da rede pública de ensino dos munícipios de Bayeux, João Pessoa e Pilar – PB.

Na sequência, em “Experiência de leitura X Privação de liberdade: a (re) construção da subjetividade”, de Izandra Alves apresenta um projeto de leitura desenvolvido com meninos internos da Fundação Case Caxias do Sul.

Em “Modos de tecer poemas: a poética de Eloí Bocheco expressa em duas obras para a infância”, Fabiano Tadeu Grazioli, Alexandre Leidens e Rodrigo da Costa Araujo apresenta a poética em Pomar de brinquedos (2009) e Cantorias de Jardim (2012), de Eloí Bocheco.

O quinto artigo da seção, “Desafios do corpo pós-humano: Angela e as mulheres em Jorge Luiz Calife”, de Vítor Castelões Gama e Igor Graciano Borges busca compreender como se dá a representação do corpo feminino pós-humano nas obras de Jorge Luiz Calife (2010).

O texto “Saberes modernos sob a crítica do intelecto: Apontamentos sobre Educação, Sociologia, Psicologia e Teologia no pensamento e obra de Tobias Barreto”, Aruanã Antonio dos Passos e Carolina Rodrigues da Silva apresentam uma análise sobre a composição da crítica dos aqui chamados “saberes modernos”, especificamente a educação, sociologia, psicologia e teologia à luz da recepção das ideias europeias no interior do pensamento e obra do filósofo e jurista Tobias Barreto (1839-1889).

Em “O erotismo na poesia de Florbela Espanca: a sensualidade nos poemas Passeio ao Campo e Se tu viesses verme hoje à tardinha”, Maria Severina Batista Guimarães e Gustavo Duarte de Oliveira discutem e apresentam o erotismo na poesia de Florbela Espanca.

O artigo que encerra a seção “Tertuliano: As peripécias da identidade pós-moderna”, de Edcleberton de Andrade Modesto e Aline Costa dos Santos apresenta uma análise de O homem duplicado, de José Saramago, com o objetivo de desenvolver uma compreensão acerca da identidade literária, primeiro pela ficção em si, que retrata de maneira fiel o momento atual, e, segundo, por uma escrita crítica quando permite a discussão de sua fundamentação dentro do corpus literário.

 

Desejamos a você caro leitor e prezada leitora, uma excelente leitura!

 

Deisi Luzia Zanatta

Professora, doutora em Letras


Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2019 Cadernos Zygmunt Bauman

ISSN 2236-4099