A INFLUÊNCIA DA AFETIVIDADE NA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA: UMA ABORDAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Léa Barbosa de Sousa

Resumo


A influência da afetividade na aprendizagem significativa é tema deste artigo. Muito se fala em aprendizagem, o que é aprender, como o sujeito aprende, entre outros questionamentos. A aprendizagem acontece numa troca de experiências, deve ser permeada de afeto, de ambos, professor/aluno, aluno/professor.  Não deve ser uma aprendizagem baseada apenas no conteúdo, o conteúdo é significativo, mas sem afetos, nada parece bom aos olhos de quem vai à procura de aprender. Seguir somente o currículo é seguir um sistema que só o ensino é mais importante, mas, o mais importante é ensinar a amar, a ter empatia com o outro, e isto só é possível através do afeto e da afetividade. Para que ocorra sucesso no ensino e na aprendizagem é necessário demonstrar zelo pelo aprendiz. O artigo abordará afetividade: um diálogo com alguns teóricos. Afetividade e permissividade e no terceiro tópico falaremos sobre família e escola um diálogo possível. Os autores mencionados neste artigo muito têm contribuído com os aspectos já destacados, entre eles temos: Wallon (1968); Piaget (1971); Vygotsky (1984); Winnicott (1971); Maturana (2004); Almeida (1999); Zagury (2004), outros autores foram utilizados no decorrer desse trabalho, acrescentando que a aprendizagem é fundamental quando existe afetividade nos relacionamentos interpessoais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Afluente: Revista de Letras e Linguística

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN 2525-3441


INDEXADORES:


http://diadorim.ibict.br/bitstream/1/1301/1/azul.jpg

Resultado de imagem para latindex

 

 

  Resultado de imagem para livre revistas de livre acesso

 

VISITANTES MUNDIAIS DA AFLUENTE: REVISTA DE LETRAS E LINGUÍSTICA