REVISÃO E REESCRITA EM PRODUÇÃO DE TEXTOS DE ALUNOS DO NONO ANO: UMA PERSPECTIVA DIALÓGICA

Daniela Berbert Braga, Victoria Wilson da Costa Coelho

Resumo


O presente artigo tem como enfoque o processo que envolve a atividade de produção, revisão e reescrita de textos na escola, e objetiva refletir sobre o fato de os alunos ainda não compreenderem a atividade de produção textual como um processo, mas sim como um produto acabado. Esta pesquisa trabalha com a hipótese de que, para os alunos do Ensino Fundamental de uma turma de nono ano entenderem a produção textual como um processo, é preciso a sistematização de um ensino que promova a prática de reescrita de textos nas aulas de Língua Portuguesa. Assim, o objetivo geral deste trabalho é demonstrar como as atividades de produção escrita, revisão e reescrita de textos, tendo como motivação a leitura e a discussão de textos, podem contribuir para alcançar um dos objetivos específicos, ou seja, analisar como os alunos desenvolveram esse processo. A pesquisa, realizada em situações reais de ensino, em que o pesquisador interfere nas atividades e analisa a sua prática pedagógica, tem uma natureza qualitativa, pois busca interpretar e compreender o processo de reescrita nos textos dos alunos. O recorte teórico escolhido fundamenta-se na concepção dialógica e polifônica de Bakhtin, considerando a “atitude responsiva ativa”.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Afluente: Revista Eletrônica de Letras e Linguística

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN 2525-3441


INDEXADORES:


http://diadorim.ibict.br/bitstream/1/1301/1/azul.jpg

Resultado de imagem para latindex

 

 

  Resultado de imagem para livre revistas de livre acesso

 

VISITANTES MUNDIAIS DA AFLUENTE: REVISTA DE LETRAS E LINGUÍSTICA