Ensino e aprendizagem de ortografia: uma breve análise sobre alterações ortográficas

Maria Aldetrudes de Araújo Moura Paula Quadros, Cristiane Silva dos Santos Monção, Lucirene da Silva Carvalho

Resumo


Ao observar as produções textuais de alunos dos mais variados anos escolares, não é incomum encontrar uma grande quantidade de erros ortográficos. Muitos estudos têm sido realizados com o intuito de entender tais desvios de grafia, bem como de evidenciar a necessidade de atividades interventivas para que os alunos compreendam as diferentes relações fonográficas. Assim, buscou-se, neste trabalho, analisar os tipos de erros ortográficos presentes em produções textuais de alunos do 6º ano de uma escola pública. Com a apresentação da análise dos dados das produções textuais, pretende-se ainda evidenciar que as alterações presentes na escrita dos alunos têm motivação tanto fonológica quanto ortográfica e que é indispensável elaborar atividades para diagnosticar tais hipóteses formuladas pelos aprendizes. Nesse contexto, no desenvolvimento deste artigo, buscou-se fundamentação teórica de autores que abordam o ensino sistemático e reflexivo de ortografia, tais como Cagliari (1994), Miranda, Medina e Silva (2005), Cunha e Miranda (2009), Zorzi (1998, 2009), Nóbrega (2013), dentre outros. Constatou-se que, dentre os erros mais frequentes, os relativos à segmentação indevida tiveram bastante incidência nas produções analisadas, fato que, possivelmente, evidencia o quão complicado é se apropriar efetivamente do sistema ortográfico. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Afluente: Revista Eletrônica de Letras e Linguística

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN 2525-3441


INDEXADORES:

http://diadorim.ibict.br/bitstream/1/1301/1/azul.jpg

Resultado de imagem para latindex

  Resultado de imagem para livre revistas de livre acesso

 

VISITANTES MUNDIAIS DA AFLUENTE: REVISTA DE LETRAS E LINGUÍSTICA