O ESTUDANTE SURDO E O APRENDIZADO DE GEOGRAFIA: POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS

Ana Maria Barbosa de Menezes

Resumo


Este artigo refere-se a uma pesquisa realizada no ano de 1996 que tratou sobre a necessidade da análise crítica do papel da Geografia na escolarização dos Surdos. A reavaliação do papel do professor de Geografia frente às necessidades do estudante Surdo foi o objetivo principal da investigação, que buscou compreender especificamente o processo de ensinagem considerando as possibilidades da Língua Brasileira de Sinais-LIBRAS como mediadora das interações professor e aluno em sala de aula. A partir dos resultados obtidos pela pesquisa foi retomada no presente trabalho, a reflexão sobre a prática do professor e a validade de sua ação pedagógica no ensino da Geografia. Para tanto o texto baseou-se nos dados quantitativos e na descrição das situações interativas ocorridas em sala de aula obtidas durante o processo investigativo. As novas constatações, fundamentadas nos resultados obtidos na pesquisa, apontam para a não aceitação de que as limitações de compreensão e expressão do surdo sejam determinadas por suas condições especiais. E, garantem o postulado do uso da Libras na intermediação de conhecimentos específicos da Geografia, que parecem ser minimizados e transformados em saber esvaziado, quando não se tem certezas do que foi ensinado ou aprendido. Conclui-se que a linguagem estabelecida, mediada por uma metodologia que prioriza o ensino do português, não facilita a relação professor ouvinte/aluno surdo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Afluente: Revista de Letras e Linguística

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN 2525-3441


INDEXADORES:


http://diadorim.ibict.br/bitstream/1/1301/1/azul.jpg

Resultado de imagem para latindex

 

 

  Resultado de imagem para livre revistas de livre acesso

 

VISITANTES MUNDIAIS DA AFLUENTE: REVISTA DE LETRAS E LINGUÍSTICA